RSS

Messi recebe Bola de Ouro das mãos de Ronaldo e entra para a história

Lionel Messi entrou definitivamente para a história do futebol mundial nesta segunda-feira. Das mãos de Ronaldo, o argentino ganhou a Bola de Ouro em Zurique e foi eleito o melhor jogador do planeta pela terceira vez seguida com 47,88% dos votos de jornalistas, treinadores e capitães das seleções, superando Cristiano Ronaldo (21,6%) e Xavi (9,23%). O Fenômeno e Zidane já haviam conquistado o feito, mas o camisa 10 do Barcelona é o primeiro a receber por três anos seguidos.
Também na seleção dos 11 melhores do ano, Messi perdeu para Neymar na eleição do gol mais bonito de 2011: o golaço do craque santista contra o Flamengo em julho foi o mais votado pelos mais de 1,5 milhão de torcedores no site da Fifa. A terceira Bola de Ouro emocinou o argentino:
- É um grande prazer para mim, o terceiro que consigo. É uma honra imensa. Quero compartilhar com as pessoas que me ajudaram, companheiros, técnico, tanto do Barcelona como da seleção. Também queria compartilhar com Xavi, é a quarta vez que estamos juntos nessa eleição. É um prazer jogar com você - disse Messi.
Messi bola de ouro FIFA (Foto: AFP)
Messi com sua terceira Bola de Ouro: craque dedicou prêmio ao amigo Xavi, terceiro colocado (Foto: AFP)
A Festa de Gala da Fifa na Suíça coroou um ano quase perfeito de Messi no Barça. Dos seis títulos possíveis pelo clube, conquistou cinco: Espanhol, Liga dos Campeões, Mundial, Supercopa da Espanha e Supercopa da Europa (a única derrota foi a Copa do Rei para o Real Madrid). Em 70 jogos entre Barça e seleção argentina, o camisa 10 marcou  59 gols, deu 28 assistências, venceu 49 partidas, perdeu 17 e empatou quatro.
saiba mais
Marta perde hegemonia, e Guardiola e Barça superam Mourinho e Real
guardiola bola de ouro fifa (Foto: Reuters)
Guardiola exibe o troféu de melhor técnico do
mundo após cinco títulos em 2011 (Foto: Reuters)
Nos outros prêmios da noite em Zurique, destaque para o final da hegemonia de Marta no futebol feminino: destaque da seleção japonesa campeã mundial, Homare Sawa foi eleita a melhor do mundo com 28,51%, deixando a brasileira em segundo (17,28%). O troféu foi entregue pela cantora Shakira, que roubou a cena com seu longo vestido vermelho. A americana Abby Wambach teve 13,26%.
Entre os técnicos, Pep Guardiola (41,92%) venceu Alex Ferguson (15,61%) e José Mourinho (12,43%) para garantir o troféu da Fifa entre os homens, enquanto o japonês Norio Sasaki foi o eleito no futebol feminino. A Federação Japonesa ganhou o troféu do Fair-Play, pela recuperação do país após o terremoto em março.
Ferguson não saiu de mãos abanando da Festa de Gala e levou para casa o Prêmio Presidencial da Fifa, em homenagem ao conjunto de sua carreira. Na eleição da seleção dos 11 melhores do ano, o Barça teve cinco jogadores contra quatro do Real: Casillas (Real Madrid), Daniel Alves (Barcelona), Piqué (Barcelona), Sergio Ramos (Real Madrid), Vidic (Manchester United), Iniesta (Barcelona), Xavi (Barcelona), Xabi Alonso (Real Madrid), Messi (Barcelona), Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Rooney (Manchester United).
Homare Sawa shakira bola de ouro fifa prêmio (Foto: AFP)
Shakira, que roubou a cena com vestido vermelho, entrega troféu para a japonesa Sawa (Foto: AFP).

 Fonte: Globoesporte.com
 
 

0 comentários:

Postar um comentário